Clube Brasileiro de Trens Fantasmas: Fevereiro 2014

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Carnaval de Curitiba terá samba, rock e zumbis

Festival de cinema de terror é uma das atrações do Carnaval curitibano


Com desfiles de descolas de samba, festival de rock e zumbis, a cidade de Curitiba definiu o calendário para o Carnaval 2014. Com todas as atrações, a capital paranaense espera receber cerca de 200 mil pessoas durante as festividades. “As atrações foram definidas para agradar a todos os foliões, sejam os que gostam de bloco de rua, desfile das escolas de samba, para quem curte bandas de Rock’n Roll, filmes de terror, eventos religiosos, além da tranquilidade que as pessoas podem encontrar nos parques da cidade”, diz Tatiana Turra, diretora executiva do CCVB - Curitiba, Região e Litoral Convention & Visitors Bureau.

As festas começaram com o bloco pré-carnaval Garibaldis e Sacis, que reuniu cerca de 20 mil foliões no dia 23. Os desfiles das escolas de samba começam no dia 1º de março. Após 16 anos na avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, o evento volta para a rua Marechal Deodoro na edição deste ano. A transferência aconteceu a pedido das escolas, para aproveitar o espaço e melhorar a acessibilidade. Antes dos desfiles, os ensaios acontecem nas quadras das escolas de samba de Curitiba durante toda a semana e são abertos ao público.

No dia 1º também começa o Curitiba Rock Carnival, uma ampliação do Psycho Carnival e um dos destaques da programação, segundo Tatiana Turra. O evento será na praça Eufrásio Correa e contará com shows de bandas curitibanas e de outros locais, como a Pelebrói Não Sei e Camarones Orquestra Guitarrística. 

A sexta edição da Zombie Walk acontece no dia 2 de março e também faz parte das atrações. A parada, que está na capital paranaense desde 2009, se concentrará na Boca Maldita a partir das 12h.

A Vigor Mortis, com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba, apresenta a segunda edição do Grotesc-O-Vision, o festival de cinema de horror do carnaval curitibano. O evento faz parte do circuito carnavalesco que também compõe o PsychoCarnival e a Zombie Walk.  Para este ano serão apresentados longas e curtas dos Estados Unidos, Canadá, Alemanha, Grã-Bretanha, Argentina e Brasil.

A mostra também trará para o saguão da Cinemateca de Curitiba a Feira de Produtos de Horror com livros, games, action figures, DVDs e camisetas.

A grande atração do festival será a Oficina de Maquiagem de Horror com Rodrigo Aragão. O respeitado cineasta e especialista em efeitos sangrentos dos filmes Mangue Negro e A Noite do Chupacabras vai compartilhar seu conhecimento em um curso único. Aragão também participará de um bate-papo após a exibição de seu mais novo filme, Mar Negro.

Para os turistas que pretendem se hospedar em Curitiba, Turra garante que os hotéis “estão mais do que preparados” para receber os visitantes, após passarem por reformas. Informações sobre a programação podem ser conseguidas no site www.curtacuritibaoanointeiro.com.br e no Guia Curitiba Apresenta, distribuídos nos hotéis associados ao CCVB.



Comercial Zombie Walk 2014:




Programação


28 de fevereiro a 03 de março - Grotesc-O-Vision - 2ª edição do Festival de Cinema de Horror do carnaval - Cinemateca de Curitiba

28 de fevereiro a 03 de março - Psycho Carnival - Rua São Francisco, 164

01 de março – Desfile das Escolas de Samba – Avenida Marechal Deodoro

2 de março – Zombie Walk- A partir das 12 horas na Boca Maldita

3 e 4 de março – Baile Infantil – Ginásio de Esportes Bairro Novo

3 e 4 de março – Baile Adulto - Ginásio de Esportes Bairro Novo

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Godzilla ganha trailer sombrio



O famoso monstro Godzilla voltará às telonas em remake previsto para estrear em 16 de maio nos cinemas nacionais.

A refilmagem contará com elenco recheado de estrelas como Brian Cranston, do seriado “Breaking Bad”, Aaron Johnson, Juliette Binoche, Ken Wattanabe, Sally Hawkins, entre outros.

O trailer contém um clima de terror crescente e sufocante, será que dessa vez teremos um filme que priorizará o terror em vez das excessivas cenas de ação do Godzilla de 1998?


Confira o incrível trailer:

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Monstros do cinema em poses sexy


A ilustradora Erika Deoudes resolveu criar um calendário divertido e criativo com diversos monstros famosos do cinema como  Nosferatu, Godzilla, Alien, King Kong, Predador, Lobisomem, Godzilla, etc.., em poses sensuais, confira:


Você pode conferir o calendário completo e outras ilustrações dela clicando aqui

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Gerente flagra fantasma em bar na Inglaterra


O gerente do bar Ye Olde Man and Scythe, em Bolton, na Grande Manchester (Inglaterra), disse acreditar ter flagrado a aparição de um fantasma no pub de 763 anos - o quarto mais velho do Reino Unido. 

Tony Dooley foi verificar se havia algum problema com o equipamento de vídeo do bar, que estranhamente parara às 6h18m. Foi quando ele detectou o "espectro flutuando". O gerente garante que o tal "fantasma" quebrou um copo, de acordo com reportagem do "Daily Mail".

Segundo a lenda, o pub de 1251 é assombrado pelo fantasma do nobre James Stanley. Ele teria passado os seus último momentos no bar, que pertencia à sua família, antes de ser decapitado em 1651, na Guerra Civil. Centenas de soldados e civis também foram mortos no lado de fora do pub durante o Massacre de Bolton, em 1644.

Confira:

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Arruinando os personagens da sua infância


O artista Sylvain Sarrailh, também conhecido como Tohad, criou uma série de ilustrações, com vários personagens da nossa infância. Tem desde os clássicos da Disney até os personagens da lanchonete Mc Donald's… Mas nisso tudo há um grande “porém”, essas não são simples artes!

O ilustrador fez as obras com um estilo bem peculiar, já que ele colocou toda sua raiva nas ilustrações, sua infância nunca mais será a mesma, confira:



Para conferir outras artes acesse a página do ilustrador

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Mitologia nórdica diz que o mundo acaba neste fim de semana

Odin e Fenrir lutam durante o "Apocalipse Viking" marcado para o dia 22 de fevereiro.



Os vikings já começaram a chegar à cidade de York, na Inglaterra, para a 30ª edição do Jorvik Viking Festival que, se o mundo não acabar, vai até o dia 23 de fevereiro. Desde o anúncio realizado no ano passado – quando faltavam cem dias para o fim do mundo –, os participantes do festival estão se preparando para o apocalipse viking.

A lenda do fim do mundo vem da mitologia nórdica e diz que o deus Heimdallr tocará a mítica trompa (chamada de Gjallarhorn) para avisar que o Ragnarök (que significa o “destino final dos deuses” em nórdico) teve início. Depois de fazer alguns cálculos, especialistas em mitologia nórdica anunciaram que o apocalipse viking deve acontecer no dia 22 de fevereiro de 2014.

Supostamente, o som da trompa deve servir para chamar todos os filhos de Odin para a batalha, quando o deus será morto pelo lobo Fenrir (filho de Loki) e outros deuses. Além disso, muitos desastres naturais – como terremotos e dilúvios – devem ocorrer para que depois a Terra ressurja fértil e abundante, onde os sobreviventes se reunirão e o mundo será repovoado por dois humanos.

A lenda diz que uma enorme serpente seria libertada e levantaria do oceano, na foto misterioso peixe pré histórico encontrado na Califórnia no ano passado.


Sinais dos tempos

Mesmo depois do fim anunciado pelo calendário maia ter dado errado, Danielle Daglan – diretora do Jorvik Viking Festival – acredita que acontecimentos recentes podem ser um sinal de que o fim está mais próximo do que imaginamos.

Acreditando no que diz a lenda do apocalipse viking, Daglan relembra um trecho que diz que “o primeiro a notar será um homem, irmão lutará contra irmão e todos os limites que existem se despedaçarão”. Segundo ela, a referência diz respeito à internet, onde é possível se comunicar com milhões de pessoas simultaneamente ao redor do mundo graças ao crescimento global das mídias sociais.

A tradição viking ainda aponta que deve ocorrer um inverno rigoroso no apocalipse. “Existem previsões de que estamos a caminho de uma pequena era glacial graças à diminuição da atividade solar. O que é uma pequena era glacial senão muitos invernos em um só?”, questiona Daglan.

Outra parte do Ragnarök diz que Jormungand (a serpente de Midgard) será libertada e se levantará do oceano. Quanto a isso, a diretora relembra as duas criaturas que surgiram inexplicavelmente na Califórnia, nos Estados Unidos, no ano passado.


Fonte: Mega Curioso

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Navegue pelo Bates Motel com a lanterna do IPhone

Novo site da série "Bates Motel" se conecta com o celular para iluminar e vasculhar os cantos escuros



Para ajudar a promover o retorno da série de TV Bates Motel - que reimagina o protagonista de Psicose, Norman Bates, enquanto jovem – foram adicionados elementos interativos no website da série.

Usando o web aplicativo de lanterna via iPhone é possível navegar nos cantos escuros do motel, recriado no site. Este mundo virtual, inclusive, foi composto com filmagens do cenário verdadeiro visando passar uma experiência mais real e envolvente.

Para conectar o iPhone com o site, basta começar a navegar pelo motel com o mouse e, quando os quartos e caminhos ficarem escuros, seguir as instruções: entrar em bit.ly/bateslight pelo navegador no celular, inserir o código gerado, testar sua lanterna e começar a circular. O dispositivo passa a ser, então, o controle de navegação no site, apontando a direção e iluminando cada detalhe escondido.

A reformulação do site foi criada pensando em manter a mesma temática, estética e clima do seriado, sempre com o objetivo de criar um ambiente imersível e pelo qual valesse a pena sacar o celular e ligar a lanterna.

A criação usa linguagem HTML5 para criar um diálogo com o recurso doiPhone e torná-lo um controle da experiência do usuário.



quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Paralisia do Sono- Quase todo mundo já viveu um filme de terror


Você já acordou no meio da noite em sua cama, com algum tipo de criatura maléfica, alien, ou até mesmo uma pessoa segurando uma faca espreitando ao seu lado, e você não consegue se mover, nem ao mesmo tempo gritar? Pois saiba que isso é o que chamam de Paralisia do Sono e é algo muito comum que acomete cerca de 50% da população alguma vez na vida.

Entenda porquê isso acontece, como ela funciona, e algumas outras curiosidades sobre esse fenômeno que acontece somente dentro de nosso cérebro e não tem ligação nenhuma com o sobrenatural, confira nessa animação (legendas em português disponíveis no botão "legendas ocultas") :

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

A Pequena Sereia


Diferente do desenho clássico da Disney, esse fantástico curta metragem de terror canadense vai te mostrar a verdadeira lenda das sereias, confira:



Making Off

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Lenda irlandesa- Banshee


Fadas existem de alguma forma na mitologia em todo o mundo, mas têm uma importância especial para os irlandeses. Uma fada irlandesa pode assumir qualquer forma que desejar, mas geralmente escolhe uma forma humana. Dizem ser bonita, poderosa e difícil de resistir, o que é lamentável porque a maioria das fadas na Irlanda ao invés de amor, trazem desgraça e má sorte para os mortais que se aproximam delas.

As Banshee provêm da família das fadas, e é a forma mais obscura delas. Quando alguém avistava uma Banshee sabia logo que seu fim estava próximo: os dias restantes de sua vida podiam ser contados pelos gritos da Banshee: cada grito era um dia de vida e, se apenas um grito fosse ouvido, naquela mesma noite estaria morto. 

O termo origina-se do irlandês arcaico "Ben Síde", pelo irlandês moderno "Bean sídhe" ou "bean sí", significando algo como "fada mulher" (onde Bean significa mulher, e Sidhe, que é a forma possessiva de fada). Os Sídh são entidades oriundas das divindades pré-cristãs gaélicas. 

Conhecida também como “mulher das colinas”. A Banshee tem cabelos compridos e usa um vestido longo verde, podendo aparecer de três formas: como uma moça jovem e atraente, como uma mulher madura e imponente ou, ainda, como uma bruxa.

Outra forma de aparição bastante falada é quando ela surge como lavadeira e, nessas ocasiões, costuma lavar as roupas da pessoa que vai morrer em breve. O choro da Banshee é geralmente ouvido à noite.
Ao longo dos anos, muitas pessoas afirmaram terem escutado o choro de Banshee e, inclusive, se encontrado com ela. Entre essas pessoas está o rei da Escócia, James I, que afirmou ter se encontrado com a “mulher das colinas”, que teria dito a ele quando seria a sua morte. 

Em algumas partes de Leinster (Irlanda), se referem a elas como bean chaointe (carpideira) cujo lamento podia ser tão agudo que quebrava os vidros.  É bom lembrar que a banshee pertence exclusivamente à raça Celta. Ela jamais será ouvida a anunciar a morte de qualquer membro de outras raças que compõem a população irlandesa. 

A banshee também pode aparecer de várias outras formas, como um corvo, uma espécie de ratazana, lebre ou doninha – animais associados, na Irlanda à bruxaria.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Crânios encontrados no Peru não são de humanos


A descoberta de crânios com formatos estranhos não é nenhuma novidade. Tanto que, em 2012 mesmo, um total de 25 ossadas com cabeças alongadas foi encontrado por arqueólogos na região de Sonora, no México. No entanto, o resultado dos exames de DNA realizado em caveiras de 3 mil anos encontradas em Paracas, no Peru, está dando o que falar.

Os esqueletos de Paracas — mais de 300 — foram descobertos na década de 20 e logo ficaram famosos graças aos crânios deformados com formato alongado, estando entre os maiores e mais pesados já descobertos no mundo. Até aqui, nada de inédito. Contudo, a polêmica surgiu após Brien Foerster, do Museu de Paracas, revelar que uma análise de DNA apontou que os exemplares podem não pertencer a humanos, mas sim a uma criatura desconhecida pela ciência.

O volume craniano é de até 25 por cento maior e 60 por cento mais pesado que crânios humanos convencionais, ou seja, eles não poderiam ter sido intencionalmente deformados. Eles também contêm apenas uma placa parietal, em vez de duas. O fato de que as características dos crânios não são o resultado da deformação craniana significa que a causa do alongamento é um mistério, e tem sido por décadas.

Comparação de um crânio humano normal com um dos misteriosos crânios


Segundo Foerster, o geneticista que realizou os testes — cuja identidade não foi revelada — descobriu-se que as amostras contêm DNA mitocondrial (aquele que é passado pela mãe e não sofre recombinações) com mutações genéticas que jamais haviam sido identificadas em humanos, primatas ou qualquer outro animal conhecido.

Os resultados preliminares obtidos a partir das amostras de Paracas foram comparados às informações disponíveis no GenBank — uma importante base de dados de sequências de DNA com acesso público que conta com todas as informações genéticas conhecidas no mundo —, e as mutações seriam diferentes de qualquer outra já catalogada.

O cientista anônimo também teria afirmado que, a partir do sequenciamento realizado até o momento, o material genético pertenceria a uma criatura de aparência humana, mas muito distante do Homo sapiens, dos Neandertais e dos Denisovanos. O geneticista teria dito ainda que não estava sequer certo de como esse ser se encaixaria no mapa evolutivo que conhecemos.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Alma


Para essa sombria quinta feira 13 trouxemos um curta metragem espanhol animado de terror ganhador de vários prêmios em festivais dentro e fora da Espanha, o curta mostra uma garotinha andando pelas ruas de uma pequena cidade francesa, quando se depara com um muro repleto de nomes escritos em giz. E ela resolve escrever também o seu: Alma.

Do outro lado da rua, em uma sombria loja de brinquedos ela vê uma boneca parecida com ela, e então resolve ter certeza de que seus olhos não estão lhe pregando uma peça. 

O curta é de 2009 e foi dirigido pelo Espanhol Rodrigo Blass, que trabalhou por 10 anos na Pixar, e animado pelo francês Bolhem Bouchiba, presente em filmes da Pixar como UP – Altas Aventuras e também em animações clássicas da Disney como Tarzan e Hércules. Confira:

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Mate as aulas antes que elas te matem?


Uma fundação australiana decidiu advertir os adolescentes que matar aula pode não ser tão divertido quanto parece criando um comercial que parece um filme de terror Trash. Inicialmente, as imagens mostram quatro adolescentes que fugiram da escola tendo um dia divertido numa praia paradisíaca. Eles tomam banho de mar, surfam e namoram, até que algo inusitado começa a acontecer.

A propaganda se encerra com a frase "Isso é o que acontece quando se mata aula. Fique na escola".

Criado pela Learn for Life Foundation of Western Australia, uma fundação que promove a importância da educação, o vídeo chamado "Set Yourself Free" já  é sucesso mundial e ultrapassou 15 milhões de visualizações. Confira:

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Livro 'A Noite dos Mortos Vivos' chega ao Brasil em Março



A DarkSide® desenterra mais um clássico do terror. O título não poderia ser mais apropriado: A Noite dos Mortos-Vivos, considerado uma das maiores obras-primas do gênero.

Se hoje os zumbis estão em alta – influenciados em grande parte pela série The Walking Dead e por games como Resident Evil e filmes como Zumbilândia, além de contracenar com Brad Pitt – é porque, em 1968, George Romero e John Russo se reuniram para escrever o roteiro de A Noite dos Mortos-Vivos e mudar a história do cinema. O filme revolucionou o mito sobre as criaturas que voltavam do além: as superstições vodus das velhas produções B deram lugar à epidemia de fome canibal nas ruas norte-americanas. Criaturas similares já haviam aparecido antes nas telonas, mas foi em A Noite dos Mortos-Vivos a primeira vez em que foram retratados como uma praga devoradora de carne humana.

Tinha início o Apocalipse Zumbi, tornando-se uma reflexão do momento político dos Estados Unidos. Romero também revolucionou ao escolher um ator negro para protagonizar a história em um momento de tensões raciais à flor da pele; o ativista Martin Luther King fora assassina-do meses antes da estreia do filme.

Capa do livro

Capa da edição limitada


“Sempre nos referimos a A Noite dos Mortos-Vivos como o Cálice Sagrado dos filmes de zumbi. Regras como ‘Você deve atirar na cabeça para matá-los’ não existiam antes de 1969. Agora é parte da cultura pop. Então devemos muito à visão de Romero e de Russo e ao mundo que eles criaram. O filme foi uma espécie de farol para o episódio piloto da série The Walking Dead”, afirmou Greg Nicotero, o maquiador da série.

Outra obra que marcou definitivamente a cultura pop e teve como uma de suas inspirações o clássico de 1968 foi “Thriller”, o clipe de Michael Jackson, dirigido por John Landis, cultuado diretor de filmes como Um Lobisomem Americano em Londres e Além da Imaginação, o Filme.

O próprio John Russo (que também atua no clássico de 1968 como um zumbi, não creditado) adaptou a história do filme neste romance que a DarkSide® traz para o Brasil. O livro, inédito aqui até hoje, será lançado em março de 2014, comemorando os 45 anos do filme.

A Noite dos Mortos-Vivos inclui ainda uma surpresa para os leitores: o texto integral da sequência do clássico, que nunca chegou a ser filmada, chamada de A Volta dos Mortos-Vivos (não vai confundir com a comédia trash de 1985, que também contou com Russo no time de roteiristas). Isso mesmo: são dois romances de John Russo no mesmo volume.

A obra sai em duas edições, já conhecidas pelos fãs da editora: a Limited Edition, em capa dura; e a Classic Edition, em brochura e preço mais acessível. Ambas com o acabamento luxuoso como todas as edições da DarkSide®.

O livro chega ao Brasil no dia 05 de março.


segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Game de terror regula nível de dificuldade com base nos seus batimentos cardíacos

Jogo criado como trabalho de faculdade pode ajudar pessoas com problemas de estresse ou ansiedade



Quanto mais medo você tiver, mais difícil tudo fica. É assim que funciona o Nevermind, um game de terror que usa seus batimentos cardíacos para definir a dificuldade do jogo.

Ele possui um dispositivo de estimulação elétrica, usado na medicina para identificar áreas sensíveis e tratar algumas dores. "O jogo sabe quando você fica com medo e quando você fica estressado", explica a criadora, Erin Reynolds. "Você precisa aprender a se acalmar para tornar o jogo mais fácil."

E o game vai muito além de uma brincadeira: pode funciona como uma ferramenta para controlar o estresse e a ansiedade. "O Nevermind tem um grande potencial para ajudar as pessoas por meio de técnicas em que elas próprias se controlam", avalia Marientina Gotsis, diretora do USC Creative Media & Behavioral Health Centre.

"Tenho esperado anos por algo assim para o público. Está em sintonia com o que sabemos sobre neurociência afetiva, em termos de como o cérebro funciona, e é uma experiência muito emocionante para combinar jogos e benefícios potenciais à saúde", diz Marientina.

O projeto começou como uma tese defendida por Erin na Universidade do Sul da Califórnia e fez parte da seleção oficial do festival IndieCade, em 2012. Agora, ela está tentando conseguir US$ 200 mil em um site de financiamento colaborativo para materializar de vez a iniciativa. Se tudo der certo, Nevermind sai em junho de 2015.

Esse vídeo dá uma ideia de como será o game:



Fonte: Galileu

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A lenda da Rainha do Maranhão


Descendente da nobreza européia, Ana Joaquina Jansen Pereira – a “Rainha do Maranhão” – desafiou os costumes, a moral e o domínio masculino nos negócios.

A família Jansen instalou-se no Maranhão em 1740, com a vinda de Cornélio, avô de Ana. A serraria fundada por ele e um sócio – a Jansen e Manon – mantinha negócios com a metrópole. O pagamento das encomendas com Letras de Câmbio que se desvalorizavam devido ao tempo de ida e volta, levaram o negócio à falência e Cornélio à morte. Ana e sua mãe, já viúva, amargaram a miséria. Solteira e com 15 anos, Ana deu à luz Manuel – filho de pai não revelado.

Em São Luís, as senhoras de boas famílias lutavam para evitar os bastardos, o que não ocorria com os maridos. Os domicílios duplos eram moda e, com eles, as famílias “postiças”. Em pouco tempo, Donana tornou-se amante do coronel Isidoro Rodrigues Pereira, representante da mais rica família do Maranhão. Casado e sem filhos, teve de Ana o primeiro, reconhecido e batizado.

A viuvez de Isidoro trouxe as bodas para Nhá Jansen. Anos depois, com a morte do marido em 1825, assumiu o controle do império herdado, transformando-se na maior produtora da Província e uma das maiores de todo o Norte do Brasil Império. Seu tino comercial era inigualável. Fornecia carne e leite para o Maranhão e vendia algodão e cana-de-açúcar para o Sul e para a Europa. Adquiriu diversos imóveis na cidade e tornou-se a maior proprietária de escravos, triplicando sua herança.

Ana foi também amante do desembargador Francisco Vieira de Merlo. Aos 60 anos, se casou novamente com um rico comerciante.

Diz a lenda que a carruagem fantasma aparece nas noites de quinta ou sexta-feira, partindo do cemitério do Gavião e toca o terror pelas ruas da capital do Maranhão: São Luis.



Métodos

Além dos diversos negócios, Nhá Jansen deteve o monopólio de distribuição de água potável, feita em carroças puxadas por muares. Em 1850, foi autorizada pelo governo provincial a criação da Companhia de Águas do Rio Anil para abastecer a cidade.

A companhia encerrou seus serviços em 1867, após os prejuízos provocados por atentados que impediam o fornecimento de água. As tentativas criminosas foram atribuídas a pessoas que lucravam com os aguadeiros, em especial a Ana Joaquina Jansen Pereira, que, segundo consta, mandava colocar gatos putrefatos nos chafarizes. Enquanto ela viveu, a Província do Maranhão não teve água encanada.


Política

A Balaiada, revolta popular maranhense chefiada pelos irmãos Beckman em 1838, levou o imperador Pedro II a enviar Luis Alves de Lima e Silva – o futuro Duque de Caxias – para sufocar o movimento.

Deficitário em homens e arsenal, Luis Alves recorreu a Ana Jansen. Em troca da ajuda, Donana obteve a aceitação de seu primogênito, Manuel, como coronel e comandante do Batalhão da Guarda Nacional. A partir daí, o domínio político da família se consolidou. A presidência da Província e a Assembléia Provincial passaram alguns anos sob o controle dos Jansen.

Nhá Jansen faleceu em São Luís, em 1889, aos 82 anos e ainda hoje há descendentes de sua família no Maranhão.



A Carruagem de Ana Jansen

Era voz corrente na época, que Donana Jansen cometia atrocidades contra seus escravos. De suas maldades conta-se que certa vez, mandou arrancar todos os dentes de uma escrava que ousou sorrir para ela. A hemorragia levou-a à morte e seu corpo foi jogado num poço. É fato que numa de suas propriedades foram encontradas centenas de ossadas dentro de um poço. A fama de mulher sem escrúpulos – semeada por seus opositores e desafetos – transformou-se numa das lendas mais contadas nas noites maranhenses: a carruagem de Ana Jansen.

Sua carruagem deixa o cemitério nas noites escuras de quinta ou de sexta-feira para vagar pelas ruas de São Luís. Em grande velocidade, o veículo puxado por parelhas de cavalos brancos sem cabeças, é guiado por uma caveira de escravo, também decapitada, conduzindo o fantasma de Donana que pena pelos pecados cometidos.

Quem tiver a macabra infelicidade de encontrar a carruagem e deixar de fazer uma oração pela salvação de sua alma, ao deitar-se para dormir receberá das mãos de seu fantasma uma vela de cera. Quando o dia amanhecer a vela estará transformada num descarnado osso humano.


A lenda já virou até reportagem no programa Fantástico, confira:

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Novo trailer de Malévola tem música de Lana Del Rey


O novo trailer do longa tem novas cenas ao som da música "Once Upon a Dream" ("Dream") cantada por Lana Del Rey.

Os papéis vão se inverter e o conto de fadas da 'Bela Adormecida' ganhará ares sombrios, pois a Bela Adormecida será deixada de lado e o conto será narrado a partir do ponto de vista da vilã Malévola e focará nos eventos que endureceram seu coração e a levaram a ser o que é.

No elenco, além de Jolie estão Sharlto Copley (District 9), Elle Fanning (Super 8), Sam Riley (On the Road), Imelda Staunton (Vera Drake), Miranda Richardson (The Hours), Juno Temple (Atonement) e Lesley Manville (Secrets & Lies).

Malévola tem seu lançamento marcado para o dia 30 de maio no Brasil.


Confira:

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Mágica Negra


Black Magic foi um dos novos labirintos de terror do parque americano Knott´s Berry Farm em Buena Park, Califórnia, para a temporada de Halloween do ano passado. Desenhado por Daniel Miller, Black Magic narra o conto de lendário mágico Harry Houdini, e seu espírito que se estende além da sepultura!

Black Magic foi a atração de terror do evento Knott´s Scary Farm favorita em 2013 do site TPA (Theme Park Adventure´s), site dos Estados Unidos especializado em atrações de parques de diversões. Com conjuntos elaborados, adereços e personagens fantásticos, uma ótima trilha sonora e tema único, este labirinto foi um sucesso total e certamente também foi a atração de terror preferida dos visitantes do parque.

Fachada da atração Black Magic, fantástica projeção com mapeamento 3D dá o tom de abandono


Para quem não conhece, Houdini é reverenciado como um dos maiores mágicos de todos os tempos. Ele morreu no dia de Halloween de 1926 em um hospital de Detroit. Perto do fim de sua vida, Harry Houdini passou uma grande quantidade de tempo e energia desmascarando médiuns espiritualistas e tais práticas de sessões espíritas, desmascarava vários médiuns em sessões espíritas e chegou a oferecer dinheiro para quem provasse que o contato com espíritos fosse possível. 

Antes de morrer, para provar que tinha a mente aberta, Houdini fez um pacto com alguns de seus amigos pessoais. Quando ele morresse, tentaria fazer contato com o mundo dos vivos através de qualquer canal possível. Ele estabeleceu uma série de palavras confiadas apenas à sua esposa para que ela reconhecesse que era ele quem tentava contatá-la do outro mundo. Se algum médium fosse capaz de repetir as palavras que ele confidenciou à esposa em segredo seria uma forma de se provar a veracidade do contato com os mortos. Por 10 anos, a viúva de Houdini realizou uma sessão espírita no Halloween e ficou por 10 anos, à espera de ouvir uma frase simples, que nunca veio.

No entanto, em Black Magic, não só a frase vem do além-túmulo - como também traz uma série de fantasmas sinistros que deslizam através de um portal para o reino dos vivos dentro de um antigo teatro para assombrar e atormentar os visitantes! Uma história fantástica, uma experiência única , uma atração de outro mundo!

Confira o percurso completo da atração e cuidado para o espírito do mágico Harry Houdini não atravessar a tela do seu computador:


segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Confirmado- Óvnis estiveram em Riolândia (SP)



Sinais encontrados em um canavial de Riolândia (555 km de São Paulo) em 2008 foram provocados por óvnis (objetos voadores não identificados).

Concluído neste mês, o chamado "Dossiê Riolândia" foi produzido por ufólogos do Inape (Instituto de Astronomia e Pesquisa Espacial), que estudam o fenômeno há seis anos. A pesquisa não consta de publicações científicas.

"Em um caso como esse, geralmente esperamos alguns anos para ver se o evento se repete, se é cíclico. Hoje podemos dizer que foi um fenômeno sobrenatural, extraterrestre", disse o engenheiro eletrônico Jorge Nery, do Inape, ONG com sede em Araçatuba (527 km da capital).

A Aeronáutica não se manifestou especificamente sobre o caso, mas informou que os registros sobre "objetos voadores não identificados" existentes no Comdabra (Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro) são enviados ao Arquivo Nacional, no Rio de Janeiro.

Ainda segundo a Aeronáutica, há mais de 700 documentos à disposição no Arquivo Nacional para consulta pública, dos anos 1950 até 2012.Os supostos objetos voadores redondos que emitiam fachos de luz forte foram observados por moradores e turistas de Riolândia pela primeira vez no dia 20 de janeiro de 2008. Depois, se repetiram alternadamente até o mês seguinte, e não voltaram mais.

Segundo os ufólogos, eles deixaram marcas –círculos com plantas amassadas, como se tivessem sido "dobradas"– em um canavial com cerca de dois metros de altura. Um deles tinha 60 metros de diâmetro e outros dois, cerca de 30 metros cada.

A hipótese de um tornado foi descartada. "Em volta, tudo estava no lugar. Até as flores de coqueiros da entrada da fazenda. Se fosse ventania, as plantas em volta estariam quebradas e as frutas, no chão", disse Nery. Um aparelho que mede a radiação também foi usado nas pesquisas. "Não observamos nenhuma alteração no local, nem sequer aumento de temperatura." Também foram encontradas pegadas consideradas estranhas, mas os pesquisadores não chegaram a nenhuma conclusão sobre elas.

Ao todo, 11 pesquisadores –incluindo um japonês, que participou informalmente atraído pela repercussão das supostas aparições–, trabalharam no caso. O grupo incluiu, além de ufólogos, agrônomos, geógrafos, meteorologistas, técnicos em segurança do trabalho, especialistas na cultura da cana-de-açúcar e técnicos em eletrônica, entre outros.

Segundo o ufólogo Ademar José Gevaerd, a Aeronáutica tinha conhecimento de atividades de óvnis na região noroeste do Estado de São Paulo, onde fica Riolândia. Ele contou que um funcionário da Aeronáutica em São Paulo teria dito que o Cindacta 1 (Centro Integrado de Defesa e Controle do Tráfego Aéreo) de Tanabi (477 km de São Paulo), na região, registrou ocorrências de "tráfego H" no mesmo período do registro em Riolândia.

"Acredito serem mesmo óvnis. Essa região, entre o noroeste de São Paulo e sul de Minas Gerais, é o ponto de maior incidência no Brasil", disse Gevaerd.

O Inape, segundo Nery, existe desde 1996 e integra a Rede Brasileira de Astronomia, que realiza estudos e pesquisas em astronomia. O objetivo é despertar o interesse de natureza científica em crianças, adultos e universitários.

Pegadas identificadas em canavial de Riolândia

SEM MEDO

Apontado como a principal testemunha do fenômeno estudado em Riolândia, Maurício Pereira da Silva, 46, disse que está "aliviado" com a conclusão do estudo do Inape. Arrendatário à época de uma pousada que ficava na área em que os supostos óvnis apareceram, ele disse que ninguém acreditou nele à época. "Muita gente me chamava de louco, de mentiroso, disseram que eu só queria fazer propaganda da pousada."

Ele disse ter visto os óvnis da janela da cozinha, quando se levantou para beber água. Dias depois da primeira aparição, ele chamou o irmão para passar a noite acordado, esperando os "extraterrestres".

"Eles voltaram naquela noite. Era 3h. Nós vimos de longe, mas quando chegamos perto, ficamos paralisados, como se tivéssemos dormido. Acho que sofremos um tipo de hipnose, porque só acordamos na sala da pousada, em pé, três horas depois. Meu irmão também não se lembra de nada", disse.

Os pouco mais de 11 mil moradores de Riolândia até hoje comentam o caso. Uns contam que avistaram o objeto cheio de luzes coloridas, outros que viram uma coluna de água no meio do rio, como se a água estivesse sendo sugada para cima. Há, ainda, quem diga ter visto criaturas semelhantes a cachorros que andavam em duas patas e depois saíam voando.

Maurício deixou a pousada e hoje mora com a família em São José do Rio Preto, mas passa a semana trabalhando como pescador em uma casa flutuante no rio Grande. "É uma coisa que não se esquece, nunca. Moro aqui, no rio. Fico sozinho a semana inteira, mas não tenho mais medo de extraterrestres."

Clareira aberta em canavial supostamente provocada por óvnis em Riolândia

Fonte: Folha