Clube Brasileiro de Trens Fantasmas: Dezembro 2013

sábado, 28 de dezembro de 2013

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Trucking Zombies


Controle um dos três heróis, atirando nos zumbis que estão correndo atrás de vocês. Enquanto um dos personagens está carregando sua munição, você pode usar o arsenal do outro para causar danos massivos na horda de zumbis famintos.

Instruções-
Mouse- Mira e Atira/ 1,2 e 3- Alterna entre os personagens


Para jogar Clique Aqui


quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Silvio Santos apresenta pegadinha inspirada em Carrie


Silvio Santos, 83, apresentou uma nova pegadinha aterrorizante em seu programa. Desta vez, a produção se baseou no filme "Carrie, a Estranha".

No último domingo (22), o "Programa Silvio Santos" mostrou uma câmera escondida ambientada em uma cafeteria. Uma garota aparece irritada quando tem café derramado em sua mesa. Os sustos e os gritos começam quando a atriz simula poderes paranormais ao levantar um homem pela parede, derrubar móveis do lugar, queimar lâmpadas e fazer outros fenômenos que foram especialmente produzidos para o quadro.

Para promover o longa, a brincadeira foi realizada também em outros países. Por aqui, se trata de uma parceria entre o SBT e a Sony, produtora do filme de sucesso que já teve vários remakes em exibição nos cinemas. Confira:

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Conto de Terror- A Última Ceia Natalina


Os sinos natalinos tocavam alegremente. A árvore de pinheiros era verde reluzente; porém ainda não estava decorada. Na TV passava um desenho animado que também celebrava a data comemorativa.

O lugar aparentava estar vazio. As luzes iluminavam a sala de estar, e a trilha sonora natalina era alta o suficiente para cobrir certos sons. Certos e estranhos sons que vinham de um lugar não muito longe dali. Na verdade, há apenas alguns metros do lugar... Na cozinha.

Os gritos eram bloqueados pelo pano úmido de sangue que estava amarrado sobre a boca daquela vítima. A mulher estava em cima da mesa, totalmente presa por grossos cordões. O corpo nu estava totalmente exposto. Os seios, o umbigo e a vagina estavam totalmente feridos e o couro cabeludo havia sido arrancado brutalmente.

Simone, a vítima, arregalava os olhos e forçava a garganta para gritar com todas as suas forças. Porém, o único som que saia era um gemido totalmente abafado e angustiante de uma mulher judiada sem misericórdia, sem piedade...

Sem motivos.

De repente, os pés de alguém surgiram caminhando em direção à mulher. Aparentava ser de uma pessoa adulta, mais velha, idosa. Segurava um enorme facão de cozinha, vestia um avental branco – que já não estava tão branco assim – e possuía uma horrível aparência: O rosto era deformado e assustadoramente enrugado, a dentição era podre e apenas os caninos estavam inteiros, as sobrancelhas eram grossas.

Simone remexeu-se de agonia, tentando escapar, gritar, dizer algo... Mas estava impossibilitada.

– Xiiiiu... – sussurrou a velha, colocando o dedo entre a boca, fazendo o gesto para calá-la – Está quase na hora, amor...

E estava mesmo. Eram exatas onze e cinquenta e oito da noite. Os fogos começaram a iluminar o lado de fora da pequena, velha e pacata cabana localizada ao redor de um extenso matagal com apenas uma estrada de terra. Ao lado da casa, um carro de cor rosa com os quatro pneus furados e a parte da frente destruída: o carro de Simone.

Na cozinha, a senhora juntava as cadeiras ao redor da extensa mesa de jantar. Em alguns segundos, duas crianças surgiram animadas – uma menina e um menino –, perguntando aos gritos:

- VAMOS COMER, MÃE? VAMOS COMER?

- Claro, amores – a idosa respondeu sorridente e afiando a faca – Vamos comer daqui a pouquinho. Vamos esperar o pai de vocês chegar. Tudo bem?

As crianças assentiram.

Os sinos começaram a tocar na trilha sonora da TV.

O natal estava prestes a chegar.

Simone se rebatia fortemente, mas todos os seus atos eram em vão. A mulher, encarando-a sorridente, retirou com força o pano de sua boca. E então, Simone gritou:

– NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO!! NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! POR FAVOR, POR FAVOR, POR FAVOOORR... DEUS... POR QUE ESTÁ FAZENDO ISSO COMIGO, SENHORA?! POR QUÊ?! POR QUÊ?!

– É Natal, meu anjo... – a mulher disse suavemente, tocando o facão de leve no umbigo da vítima totalmente agoniada e desesperada.

– MÃE, MÃE, MÃE! EU QUERO A CABEÇA! – o menino gritou, entusiasmado e aparentemente faminto.

– Não, filho – a senhora respondeu – A cabeça nós iremos pendurar na árvore depois...

Os olhos de Simone cintilaram e ela sentiu vertigem. Começou a vomitar.

De repente, a mulher levantou o objeto pontiagudo, mirou nos seios da vítima e com toda a força apunhalou-a de forma certeira, aprofundando a faca, fazendo o sangue fluir daquele enorme buraco. O corpo de Simone começou a tremer. Os gritos eram altos e pediam por misericórdia de Deus, que aparentava não estar ali para salvá-la.

As crianças pulavam de alegria, esperando o sangue escorrer da mesa e cair ao chão para começarem a lamber.

– Não bebam tudo... – disse a idosa, enquanto apunhalava os seios da vítima – Depois faremos um belo panetone com o que sobrar do sangue dela.

As crianças se esfregavam no sujo solo embaixo da mesa, tocando o sangue e elevando as mãos a boca, lambendo como se fossem guloseimas. Ao mesmo tempo, um homem entrou ao local com um saco preto nas mãos. Um saco de plástico totalmente cheio... De corpos mutilados.

– AAAAAAARGH! – Simone gritava e vomitava ao mesmo tempo em que entrava em estado de choque e manifestava sintomas de convulsão. A baba escorria de sua boca e as lágrimas caiam de seus olhos vermelhos ardentes.

– Cheguei amor! – disse o homem, jogando o saco ao chão e abrindo-o: pernas, braços, órgãos, cabeças... Um a um os membros eram retirados e postos sobre a mesa ao lado do corpo quase sem vida de Simone.
A senhora parou de esfaquear, colocou a faca na pia e, logo após, retirou de um dos armários uma enorme e pesada marreta.

Os olhos vidrados de Simone observavam aquele objeto nas mãos da mulher que o ergueu e o socou fortemente em sua cabeça, fazendo os olhos incharem e esbugalharem-se com tamanho impacto, além de fazê-la morder a própria língua.

A mulher levantou novamente a marreta... E bateu. Ergueu e bateu. Ergueu e bateu várias vezes... Até que o crânio da vítima se abriu em uma gosma totalmente nojenta. O cérebro – aparentemente – começou a descer lentamente pelas laterais da cabeça.

O corpo ainda tinha espasmos, estremecendo aos poucos. Mas não havia mais escapatória e jeito: Simone estava morta.

– O jantar está servido! – a senhora gritou e todos aplaudiram com sorrisos.

Deu meia noite.

Os fogos de artifício subiram ao céu. Os animadores da TV desejavam o Feliz Natal, e aquela família rapidamente sentou-se diante daquela enorme mesa farta e cheia... Cheia de sangue, tripas, gosmas irreconhecíveis ao ser humano...

Era um banquete! O banquete do inferno.

Os garfos e facas estavam sobre as mãos de cada um. A mulher cravou o garfo na coxa, o homem cravou nos seios e as crianças perfuraram ambos os olhos. Logo após, elevaram aquela carne fresca à boca, mastigando de modo faminto e apressado aquela refeição.

– Mãe, me passa as tripas! – gritou o menino.


Dia 25 de Dezembro – Natal.

O dia estava nublado, mas bonito. A estrada de terra estava vazia, mas de longe podia-se avistar uma caminhonete vindo em ritmo lento, quase que parando automaticamente.

As árvores estavam da direita à esquerda, rodeando todo o lugar com puro verde denso. Em meio a toda aquela floresta misteriosa, havia uma pequena casa de tijolos com cercas de madeira.

O automóvel parou de repente.

– PORRA! – gritou César, o motorista, irritado pela situação.

Ele saiu do carro e observou os pneus: estavam perfurados por finos pregos deixados no meio da estrada. Ele olhou ao céu e questionou-se do porquê de tudo aquilo estar acontecendo exatamente no dia de Natal.
Ao olhar para a direita, avistou uma pequena residência cercada por pequenas madeiras. Logo, a ideia de pedir ajuda surgiu e ele foi em direção ao local.

Bateu palmas.

Ninguém apareceu.

Bateu novamente e, em seguida, uma mulher surgiu abrindo a porta...

– Posso ajudar moço? – ela perguntou.

– Acho que pode. Os pneus do meu carro estão furados e eu preciso telefonar ao meu seguro. Vocês teriam telefone?

O silêncio pairou sobre o lugar. A mulher aparentou estar pensativa. Ao seu lado, outro homem surgiu e cochichou em seu ouvido.

– Entre. Pode ligar! – a mulher disse com um sorriso estampado no rosto.

Dentro da residência, duas crianças – um menino e uma menina – corriam envolta da grande árvore de Natal totalmente decorada: braços e pernas estavam amarrados nos galhos, sangue ainda fresco escorria, misturando-se ao verde do pinheiro; várias cabeças estavam penduradas como se fossem globos de Natal. Entre as cabeças estava a de Simone, cujos olhos estavam abertos e vidrados.

As crianças, de repente, surgiram à porta, sorridentes e encarando o senhor que, agradecido e feliz, adentrou a casa sem imaginar o que encontraria nela.

A porta se fechou.


Feliz Natal.



Conto escrito por Valdir Luciano

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Brincando de ser a Morte 2



A Morte está de volta e ainda mais cruel do que nunca na continuação do jogo que postamos aqui na semana passada.

Instruções: O Mouse controla todas as ações do jogo

Para jogar Clique Aqui

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Comercial clássico- Natal do Terror (Directv)


Já que o Natal está quase chegando vale a pena relembrar esse comercial clássico da Directv da Argentina. 

Na marcante propaganda grandes ícones dos filmes de terror aparecem celebrando a data e no final do comercial a frase: "Alguns são bons somente no Natal, outros são bons durante todo o ano, Directv é Melhor"


Confira:

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Brincando de ser a Morte


Nesse jogo online você interpreta a Morte e o seu único objetivo é levar para casa o maior número de pessoas possível.

Instruções: O Mouse controla todas as ações do jogo

Para jogar Clique Aqui

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

A Casa dos Rostos


Ao entrar em sua modesta cozinha em uma abafada tarde de agosto de 1971, Maria Gomez Pereira, uma dona de casa espanhola, espantou-se com o que lhe pareceu um rosto pintado no chão de cimento. 

Estaria ela sonhando, ou com alucinações? Não, a estranha imagem que manchava o chão parecia de fato o esboço de uma pintura, um retrato.

Com o correr dos dias a imagem foi ganhando detalhes e a noticia do rosto misterioso espalhou-se com rapidez pela pequena aldeia de Belmez, perto de Cordoba, no sul da Espanha. Alarmados pela imagem inexplicável e incomodados com o crescente número de curiosos, os Pereira decidiram destruir o rosto; seis dias depois que este apareceu, o filho de Maria, Miguel, quebrou o chão a marretadas. Fizeram novo cimento e a vida dos Pereira voltou ao normal.

Mas não por muito tempo. Em uma semana, um novo rosto começou a se formar, no mesmo lugar do primeiro. Esse rosto, aparentemente de um homem de meia idade, era ainda mais detalhado. Primeiro apareceram os olhos, depois o nariz, os lábios e o queixo.

Já não havia como manter os curiosos a distância. Centenas de pessoas faziam fila fora da casa todos os dias, clamando para ver a “Casa dos Rostos”. Chamaram a policia para controlar as multidões. Quando a noticia se espalhou, resolveu-se preservar a imagem. Os Pereira recortaram cuidadosamente o retrato e puseram em uma moldura, protegida com vidro, pendurando-o então ao lado da lareira.



Antes de consertar o chão os pesquisadores cavaram o local e acharam inúmeros ossos humanos, a quase três metros de profundidade. Acreditou-se que os rastos retratados no chão seriam dos mortos ali enterrados. Mas muitas pessoas não aceitaram essa explicação, pois a maior das casas da rua fora construída sobre um antigo cemitério, mas só a casa dos Pereira estava sendo afetada pelos rostos misteriosos.

Duas semanas depois que o chão da cozinha foi cimentado pela segunda vez, outra imagem apareceu. Um quarto rosto - de mulher - veio duas semanas depois.

Em volta deste ultimo apareceram vários rostos menores; os observadores contaram de nove a dezoito imagens.

Ao longo dos anos os rostos mudaram de formato, alguns foram se apagando. E então, no inicio dos anos oitenta, começaram a aparecer outros.

O que - ou quem - criou os rostos fantasmagóricos no chão daquela humilde casa? Pelo menos um dos pesquisadores sugeriu que as imagens seriam obra de algum membro da família Pereira. Mas alguns químicos que examinaram o cimento declararam-se perplexos com o fenômeno. Cientistas, professores universitários, parapsicólogos, a policia, sacerdotes e outros analisaram minuciosamente a imagem no chão da cozinha de Maria Gomes Pereira, mas nada concluiram que explicasse a origem dos retratos.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Filha de roqueiro diz ter flagrado fantasma em foto

Peaches disse acreditar que a mão pertence ao espírito de uma mulher que cometeu suicídio cem anos atrás


Peaches Geldof, filha do roqueiro e ativista dos direitos humanos irlandês Bob Geldof, disse ter flagrado um fantasma em foto. A socialite de 24 anos postou a imagem na sua conta no Instagram. O selfie (autorretrato para postagem na web) mostra Peaches, o filho, Astala, e uma "misteriosa" mão sobre um dos ombros da britânica. 

De acordo com o "Daily Mail", Peaches disse acreditar que a mão pertence ao espírito de uma mulher que cometeu suicídio cem anos atrás após dar à luz um bebê natimorto.

A mulher teria morado na residência onde Peaches vive com o marido, Thomas Cohen, em Kent (Inglaterra). Em entrevista à Fox, Peaches disse que o espírito é "amistoso, maternal e adora estar ao lado de bebês".


Fonte: Page Not Found

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Civilizações alienígenas são conhecidas pela Rússia há décadas, diz site

Tudo teria começado com queda de um suposto OVNI em Sverdlovsk na Rússia
em 1969


Um vídeo publicado na internet por uma tradicional rádio Russa afirma que o país juntamente com a extinta União Soviética tem conhecimento de civilizações alienígenas há décadas.

De acordo com o site da "The Voice of Russia", tudo começou com queda de um suposto OVNI em Sverdlovsk na Rússia, em 1969. Militares soviéticos teriam achado o “disco voador” e dentro dele um ET.

Ainda de acordo com a publicação, os soviéticos teriam estudado outros corpos de alienígenas depois que uma nave caiu em Prohlandnyi, em 1989, episódio não abordado pela TNT. O caso de 1969 teria sido apenas o primeiro. O jornal moscovita "Pravda" sugeriu, no início deste ano, que um grupo de cientistas russos manteve contato com extraterrestres.

A autópsia do corpo do suposto ET é mostrada abaixo:



Via O Povo

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Top 10- Máscaras assustadoras para a Sexta Feira 13


Hoje é Sexta Feira 13, dia de assustar aquelas pessoas que você tanto ama, preparamos uma seleção de máscaras vindas diretamente dos maiores filmes de terror para te ajudar a espalhar muito medo nessa data:


10- Sexta Feira 13



Abrindo o nosso top 10 está ele... com sua clássica máscara de hóquei: Jason Voorhees, a criatura nasceu em uma sexta-feira 13 e era um simples garotinho com problemas mentais. Todos pensavam que ele havia se afogado no lago de um acampamento, inclusive sua mãe que, em um surto, trucidou os monitores e demais adolescentes que estavam no camping, alegando que teriam negligenciado os cuidados com o garoto. Uma menina se salva, arrancando a cabeça da mãe dele com um facão. Jason não deixa barato e volta dos mortos para vingar sua mãe...

9- Pânico



Essa máscara de fantasma não tinha a menor graça e sempre encalhava nas lojas de fantasias, até surgir o Ghostface nos anos 90 com o primeiro filme da saga Pânico, desde então essas máscaras estavam em todos os lugares, suas vendas explodiram e o gênero terror que estava perdido nos anos 80 voltou para o gosto do povo. Ghostface causou muito pânico com uma simples máscara de plástico.. será que agora acabou? Será?


8- A Casa de Cera


O filme trash estrelado por ninguém menos que Paris Hilton conta a história de um grupo de jovens que vai parar em uma cidade estranha depois de um problema no carro. Enquanto esperam o mecânico, dão um rolê pela cidade onde tudo é feito de cera: museu, cinema, casas, lojas, etc. Quando as coisas começam a ficar estranhas, um assassino mascarado resolve enxertar cera quente nos garotos e colocá-los como decoração na cidade...agora está explicado o motivo para a decoração da cidade ser tão realista.


7- Uma Noite de Crime



Imagine que nos Estados Unidos a taxa de desemprego está em 1%, a pobreza está em seu mínimo e a taxa de crime está quase em 0. Como? Uma noite por ano, por 12 horas qualquer crime ficaria impune. Roubos, assassinatos, estupros, torturas, sequestros. Nessa noite alucinada, o filho de um vendedor de sistemas de segurança deixa um homem perseguido por psicopatas entrar na casa. O resto da noite é claro que é um banho de sangue.


6- O Orfanato



Nesse terror espanhol uma família se muda para uma casa onde um dia foi um orfanato. Laura (que viveu nesse orfanato), a mãe, tem vontade de reabrir as portas como um lugar para crianças com problemas e doenças. Seu filho é adotado Simon é soropositivo, mas ainda não sabe. Até que descobre, por meio de seus amigos imaginários (um deles uma criança com um saco na cabeça).

Laura fica bem tensa quando descobre fotos da sua época no orfanato e encontra a mesma criança com a máscara de saco. Por que? Uma doença degenerativa que deixou o coitadinho pra lá de desagradável ao olhar. Laura começa a ver o menininho com um saco também pela casa, ao mesmo tempo que seu filho adotado, Simón, desaparece e é dado como sumido. O que acontece depois é imprevisível...desde uma sucessão de sustos, barulhos, gritos e até mesmo um inesperado e emocionante desfecho que chega a arrancar lágrimas.


5- Hannibal


É claro que o psicopata mais temido de todos os tempos não poderia ficar de fora da nossa lista, ele já levou até Oscar para a casa, graças ao filme "O Silêncio dos Inocentes" onde chega até a arrancar a pele de suas vítimas e praticar canibalismo, na foto você pode ver uma escultura sua no Museu de Cera Dreamland, onde mesmo não sendo muito fotogênico aparece do lado de grandes celebridades.


4- Os Estranhos



Sempre que você ouve um barulho, pensa: "tudo bem, não é nada, é só um carro/vento/bicho". É o começo da tortura psicológica de "Os Estranhos". Na trama, um casal recém noivado começa a sentir que há algo errado, mesmo não vendo as três figuras mascaradas que circundam a casa. Mas, quando percebem que é hora de fugir é claro que já é tarde demais.


3- Colinas de Sangue



Você é um adolescente que resolve fazer um documentário sobre o dito "filme mais assustador de todos os tempos", filmado décadas antes, que teria sido feito como um Snuff Movie (filme em que as cenas de morte, estupro e mutilação são filmadas de verdade e não encenadas). Você e seu grupo de amigos vão à floresta onde teria sido filmado o longa, super preparados: celulares de sobra, armas, rádios, tudo que os bobinhos nos filmes nunca tem. Mas seria isso suficiente? Curiosidade: a máscara no filme é dupla, já que o neto do assassino teria sido criado nesse ambiente e mutilado o próprio rosto como a máscara do assassino por opção própria, usando uma máscara em cima de seu rosto mutilado.


2- O Massacre da Serra Elétrica



No primeiro filme feito nos anos 70 sobre o Massacre da Serra Elétrica, que, aliás, é inspirado em uma história real, cinco adolescentes à caminho de um show do Lynyrd Skynyrd, carregados de drogas que pegaram no México, dão carona para uma garota na estrada que não para de falar de um homem que seria a própria reencarnação do mal. Ela comete suicídio (de uma forma bem bizarra) e os garotos, assustados, procuram a polícia. Na tentativa de dar um jeito na situação em que se encontram, eles acabam em uma floresta perseguidos por Leatherface, nosso assassino e dono de uma das máscaras mais famosas do gênero terror feita com a pele humana. Tortura, amputamento, sal grosso e muito barulho de motosserra apimentam nosso segundo colocado.


1- Contos do Dia das Bruxas



Gostosuras ou travessuras? Na dúvida fique com os dois, em primeiro lugar ficou o filme de Halloween mais severo que você já viu. A lição que o filme passa é sobre a importância de manter viva todas as tradições. Apagar velas dentro de abóboras antes da meia noite? Visitar lugares assombrados e fazer piadas com as vítimas de assassinatos? Roubar doces de crianças na noite de Halloween? nananinanão...os malvados sempre morrem no final.

As vezes o simples é mais assustador do que o luxuoso, destaque para a máscara simples, porém muito assustadora feita em um saco de batatas do personagem principal do filme e também para as requintadas máscaras das festas de Halloween, porém o melhor mesmo é ver como ficaram os fantasmas das doces crianças da foto abaixo que morreram com máscaras meigas em um acidente de ônibus...


quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Pegadinha do Silvio Santos- A Cartomante



Essa é mais uma pegadinha clássica e sensacional do Silvio Santos, nela uma cartomante faz o povo passar muito medo em sua tenda, confira:

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Fotos do medo


Nesse jogo online você deve investigar uma casa mal assombrada, você marca pontos conforme o número de assombrações que conseguir fotografar. Você deve encontrar as chaves escondidas para abrir mais portas e não se esqueça de prestar atenção no "medidor de energias negativas", quando ele ficar no vermelho é sinal que tem alguma assombração por perto.

Instruções: Tecla espaço- Aciona visão noturna/ Click do mouse- Tira fotos

Para jogar Clique Aqui

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Duas séries de terror/drama estão previstas para 2014

A série de terror brasileira "Muito Além do Medo" vai estreiar no próximo ano no canal pago MGM


Lendas, mitos, mistérios, personagens sombrios, maquiagens de qualidade e bons atores embalam a receita para uma audiência expressiva em séries de terror-drama. O gênero está cada vez mais assíduo na televisão. Entre as séries mais populares da atualidade, The Walking Dead e American Horror Story são referências e elogiadíssimas pela crítica. Outras mais pops, como Supernatural e Pretty Little Liars, fazem a cabeça de adolescentes. Em 2014, duas estreias estão previstas: uma norte-americana e uma brasileira.

A estrangeira já chama a atenção pelos créditos. The Strain tem autoria do cineasta Guillermo del Toro (O Labirinto do Fauno, O Orfanato) e produção de Carlton Cuse (Lost e Bates motel). Com 13 episódios da primeira temporada, a série da FX está prevista para julho de 2014. É baseada na trilogia literária homônima, assinada por Del Toro e Chuck Hogan. A obra nasceu de uma ideia para televisão. Antes da publicação, o mexicano escreveu um roteiro de minissérie, que foi rejeitado.

Assim como The Vampire Diaries e True Blood (HBO), o livro também aborda a temática de vampiros, paixão do escritor desde a infância. O diferencial da abordagem é o lado científico e biológico. Retrata o surgimento de um vírus em Nova York, após a aterrissagem do Boeing 777, de Berlim. Na obra, o vírus transforma pessoas em vampiros. Os personagens Dr. Ephraim Goodweather, Nora Martinez e Abraham Setrakian investigam a causa da transformação.

O canal à cabo FX lançou o primeiro viral, confira:




O gênero é pouco explorado na televisão brasileira. Em abril deste ano, a série Contos do Edgar apostou na lacuna e experimentou as vertentes terror e suspense. A produção contou com cinco episódios, exibidos na Fox e produzidos por Fernando Meirelles. Uma nova série foi gravada neste ano em São Paulo. Muito além do medo escolheu uma criança-fantasma para ser o elemento-chave do enredo. Com produção da Medialand, a atração deve estrear no primeiro semestre de 2014 no canal pago MGM. Na vida real, a personagem central se chama Giovana Sá, de 12 anos, norte-americana radicada no Brasil.

A primeira temporada da série terá quatro episódios. A previsão contempla seis temporadas, sendo a última gravada em Budapeste. Por ser uma criança, é quase inevitável a comparação com Samara Morgan, personagem emblemática do filme O chamado. O elenco conta com atores com experiência no teatro, como Adriano Paixão, Lia Antunnes, Fernando Rocha, Caio Nogali e Carlos Jacobsen.

"The Strain" trará uma epidemia de vampiros em julho de 2014 no canal FX


segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Krampus- O "demônio" do Natal


Krampus é uma criatura mitológica que acompanha São Nicolau durante a época do Natal, segundo lendas de várias regiões do mundo. A palavra Krampus vem de Krampen, palavra para "garra" do alto alemão antigo. Nos Alpes, Krampus é representado por uma criatura semelhante a um demônio. Enquanto Papai Noel dá presentes para as crianças boas, o Krampus avisa e pune as más crianças. Tradicionalmente, rapazes se vestem de Krampus nas duas primeiras semanas de dezembro, particularmente no anoitecer de 5 de dezembro, e vagam pelas ruas assustando crianças e mulheres com correntes e sinos enferrujados. Em algumas áreas rurais, a tradição também inclui surras aplicadas pelo Krampus, especialmente em garotas.

As fantasias modernas de Krampus consistem em uma Larve (máscaras de madeira), pele de ovelha e chifres. A manufatura das máscaras artesanais demanda um esforço considerável, e vários jovens em comunidades rurais competem nos eventos do Krampus.

Em Oberstdorf, no sudoeste da parte alpina da Baviera, a tradição do der Wilde Mann ("o homem selvagem") é mantida viva. Ele é como o Krampus (exceto pelos chifres), veste peles e assusta crianças (e adultos) com suas correntes e sinos enferrujados, mas não é um assistente de São Nicolau.



Em 9 de dezembro de 2009, Krampus foi apresentado no The Colbert Report. Também apareceu no episódio A Very Venture Christmas, o especial de natal de The Venture Bros..

No Brasil, há resquícios dessa tradição em Santa Catarina, no Vale do Itajaí. Nas cidades de Brusque e Guabiruba, por exemplo, é chamado 'Pensinique' (deturpação de Pelznickel, nome utilizada ao Sul da Alemanha). Aparece vestido em roupa velha e sacos de juta, tem cabelo de palha, carrega um saco nas costas como o Papai Noel. Nesta trouxa ou saco, possui instrumentos para assustar as crianças más, e as muito más ameaça-se serem levadas embora no saco. Esta figura nunca chegou a ser comum, mas era mais recorrente para julgar e punir crianças até a década de 1950.


Os ainda remanescentes, ao começo de dezembro ainda arrastam correntes ao caminhar, gritam no meio do mato, e saem dele no dia de confrontar as crianças más, no Dia de São Nicolau ou próximo. Em casos extremos, a criança recebe visita, ou ouve gritos no mato, quando incomoda o Pensinique antes mesmo da data Antes dessa data. Ainda, alguns pais citam que 'vão contar' sobre o comportamento da criança ao Pensinique, ou o chamam antes da data. Mas, crianças que não respondem aos pais, não mentem e não são más, mesmo nas regiões em que o Pensinique ainda aparece, nunca chegaram a ver sua figura. Esta figura pode assemelhar-se com a figura folclórica do "Andarilho" ou a do "Homem do Saco", que rouba crianças que não ficam por perto dos pais, ou que são entregues a eles se não se comportam pra serem levadas embora. Mas o Pensinique não se trata de uma figura mítica, virtual, ele efetivamente aparece para a criança ao final do ano, se preciso, para incorporar a figura que julgará a criança por tudo o que ela fez de errado durante o ano.


sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

'Carrie- A Estranha' estreia hoje nos cinemas


Sinopse

O filme retrata um desastre ocorrido em uma cidade americana destruída pela jovem Carietta White. Nos anos anteriores à tragédia, a adolescente foi oprimida pela sua mãe, Margaret, uma fanática religiosa. Além dos maus tratos em casa, Carrie também sofria com o abuso dos colegas de escola. Aos poucos, ela começa a trazer o terror telecinético para a pacata cidade.



Ficha Técnica

Elenco: Chloë Grace Moretz, Julianne Moore, Gabriella Wilde 
Direção: Kimberly Peirce
Gênero: Terror
Duração: 100 min.
Distribuidora: Columbia Tristar
Classificação: 16 Anos



Teaser


Trailer


Site Nacional

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Veja a história dos games de terror em 3 minutos

Cena do game "The Evil Within"


Em uma campanha para levantar fundos no Kickstarter e produzir um documentário completo sobre os jogos de terror, o produtor britânico Anthony Carpendale decidiu criar um pequeno vídeo de 3 minutos sobre a história do gênero, confira:



Veja a lista dos games que aparecem no vídeo acima:


3D Monster Maze
Haunted House
The Texas Chainsaw Massacre
Ant Attack
Alien
Aliens
It Came from the Desert
Splatterhouse
Sweet Home
Project Firestart
Alone in the Dark
The 7th Guest
D
Resident Evil
Resident Evil 2
Clive Barker’s Undying
Silent Hill 2
Resident Evil (Gamecube)
Eternal Darkness
Clock Tower 3
Silent Hill 3
Doom 3
Silent Hill 4
Siren
Obscure
Fatal Frame 2
Call of Cthulhu: Dark Corners of the Earh
Condemned: Criminal Origins
F.E.A.R.
Resident Evil 4
Fatal Frame 3
BioShock
Penumbra: Black Plague
Dead Space
Silent Hill Shattered Memories
Amnesia: The Dark Descent
Bioshock 2
Dead Space 2
Lone Survivor
Slender
The Walking Dead (TellTale)
Amnesia: A Machine for Pigs
Eyes
Outlast
The Last of Us
Year Walk
Nevermind
Among the Sleep
Daylight
Fran Bow
Neverending Nightmares
Routine
The Evil Within


Saiba mais sobre o projeto clicando aqui

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Pegadinha do homem enforcado


O que você faria se encontrasse um homem enforcado no meio da rua? Um grupo de amigos resolveu testar a reação das pessoas e o resultado foi hilário, confira:

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

As fotografias surreais de Christopher


Christopher Ryan McKenney é um fotógrafo americano que com simplicidade, transforma suas fotografias em imagens cheias de um surrealismo tenebroso, onde a realidade é alterada, mas não o bastante para ficar irreconhecível. Essas pequenas alterações, em conjunto com o tom das fotografias (com pouco brilho, com cores frias), faz com que as fotografias de McKenney pareçam portais para aquele mundo intermediário entre o despertar e o pesadelo. 

Usando como cenários de fundo quase sempre florestas/bosques, o artista retrata quase sempre seres sem face ou com o rosto escondido, o que é um clássico elemento de terror. Juntando-se a isso os lençóis como fantasmas sem corpos, as portas e janelas que parecem ligar dimensões, pessoas envoltas de fogo e outros pequenos elementos bizarros, temos fotografias que parecem ter saído de filmes de terror e suspense ao estilo lovecraftiano, onde a sanidade é apenas uma ilusão e abrir os olhos para sair de um pesadelo podem apenas revelar mais loucura.

Veja as surreais e soturnas fotografias de Christopher Ryan McKenney: