Clube Brasileiro de Trens Fantasmas: Dezembro 2012

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Feliz 2013 sobrevivente



Parabéns sobrevivente do fim do mundo, apesar das expectativas o mundo não acabou em 2012, porém ainda é cedo para comemorar pois o próximo ano termina com 13 e dessa vez você não escapará, muahauahauahua

Entraremos em recesso de férias hoje e desejamos a todos um 'Feliz 2013'. Assim como o Jason Vorhees, quando você menos esperar, em uma noite negra e com bastante neblina de 2013, ressurgiremos com força total, aguarde!

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

O Grinch



Hoje é véspera de Natal e falando nisso você já parou para pensar na quantidade de pessoas que acham o Natal um saco? Toda aquela conversa de Bom Velhinho, de paz na terra, de boa vontade com o próximo, aliados ao consumismo exagerado definitivamente não agrada muita gente, incluindo ele...o Grinch.

O Grinch é um dos personagens mais famosos criados por Dr. Seuss. Sua primeira aparição foi como protagonista do livro "Como o Grinch Roubou o Natal", em 1957, e fez tanto sucesso que o nome "Grinch" acabou virando um sinônimo de pessoa que não gosta do Natal, ou de alguém grosseiro e ganancioso.

Apesar de pouco conhecido no Brasil, o Grinch é um personagem do folclore norte-americano. Em 1966 ele chegou a virar um desenho animado para TV, dirigido por Chuck Jones, mais conhecido por dar vida ao Pernalonga. A voz do Grinch e do narrador pertenciam a ninguém menos do que Boris Karloff, o veterano intérprete de Frankenstein.

Apesar de odiar o período Natalino, o personagem acabou virando um dos símbolos dos "feriados de inverno", ornamentos de Natal e até fantasia de Halloween. Além disso, foi adaptado para teatro, cinema, animações e já apareceu em uma série de programas de TV (até em Glee, onde foi interpretado por Sue Sylvester).

O Grinch vive em uma caverna isolada, perto de Whoville (a Quemlândia, ou Vila dos Quem), como são chamadas as pessoas da estória) e seu único companheiro é seu cão, Max, que o acompanha em seus feitos perversos.

Ele despreza as férias de Natal sob a justificativa de que seu coração é "dois números menor" que os corações normais e inventa um plano para roubar e destruir toda a decoração e, também, os presentes de Natal dos "Quem" e, para isso, sequestra o Papai Noel.

O filme 'O Grinch' fez grande sucesso em 2000 nos cinemas nacionais. Porém no final...ele vira bonzinho!  : (

No cinema, o Grinch foi interpretado por Jim Carrey e, embora no filme e em várias mídias ele apareça como verde com olhos amarelos, no livro original, como todo o resto, ele é impresso em preto e branco, com tons de vermelho. Além disso, no filme, ele conta com poderes sobre-humanos que o tornam capaz de levantar um trenó carregado.

No final, o contato com Cindy Lou, uma garotinha que mora na vila e observa as pessoas que só pensam em compras e se esquecem do verdadeiro sentido do Natal, acaba ensinando ao Grinch o verdadeiro significado da data e ele acaba mudando sua opinião. Apesar do final infantilizado e clichê do filme não se pode negar que a criação foi super original ao fazer seu nome ser transformado em sinônimo de "anti-natal".



E falando no Grinch...ele é a nossa 'capa de Natal' do Facebook, falando nisso você já curtiu nossa página?

Desejamos a todos boas festas e até 2013

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Cidades russas em pânico e comemorações no México marcam data do fim do mundo



É oficial: o ministro responsável pelas situações de emergência da Rússia diz ter acesso a "métodos para monitorar o que está acontecendo no planeta Terra" e que pode assegurar que o mundo não irá acabar em 21 de dezembro de 2012. Segundo o calendário maia, essa é a data em que um ciclo de 5.125 anos, conhecido como a Contagem Longa, supostamente chegará ao fim.

Afirmações semelhantes têm sido feitas pelo médico que chefia a saúde pública da Rússia, uma alta autoridade da Igreja Ortodoxa Russa, pelos legisladores da Duma e por um ex-DJ da Sibéria que recentemente se destacou no programa de televisão "Batalha de Médiuns". Outra autoridade propôs a abertura de processos contra russos que espalharem o boato.

A Rússia não é o único país que enfrenta o pânico causado pelo suposto fim do mundo. Na França, as autoridades pretendem vetar o acesso à montanha Bugarach, no sul, para evitar uma multidão de visitantes que acredita que esse lugar é sagrado e protegerá uns poucos escolhidos contra o fim do mundo.

O patriarca da Igreja Ortodoxa da Ucrânia recentemente emitiu um comunicado assegurando aos fiéis que "o Dia do Juízo Final certamente virá", mas será causado pelo declínio moral da humanidade, não pelo "chamado alinhamento de planetas ou o fim do calendário maia".

Por sua vez, o Estado de Yucatán, no México, que tem uma grande população maia, encara com leveza o boato sobre o fim do mundo. O governo planeja um festival maia em 21 de dezembro e, para mostrar que tudo continuará bem após essa data, uma nova edição do festival está programada para 2013.

Os russos se deixam levar muito pelas emoções, conforme testemunhou o reverendo Tikhon Irshenko durante sua visita à Colônia Penal n° 10 na aldeia de Gornoye. Os guardas disseram que a profecia maia aumentou muito a ansiedade geral e que alguns presos fugiram da colônia "devido a seus pensamentos perturbadores".

Ainda mais comuns na Rússia são relatos sobre compras movidas pelo pânico. Em Ulan-Ude, capital da região de Buriátia, cidadãos estão fazendo estoques de alimentos e velas para sobreviver em um período sem luz, seguindo instruções de um monge tibetano chamado Oráculo de Shambhala, que foi descrito em alguns noticiários da televisão russa. Houve um relato semelhante em um jornal local da cidade industrial de Omutninsk, a cerca de 1.100 quilômetros a leste de Moscou.

Viktoria Ushakova, a editora-chefe do jornal, disse que publicou o artigo como mero entretenimento na seção "Relax", publicada na última página. Isso causou pânico durante uma semana, o qual se espalhou pelas aldeias no entorno.

"Não devemos falar sem parar sobre o fim do mundo, e eu digo isso como médico", disse Leonid Ogul, membro do comitê de Meio Ambiente do Parlamento. "Algumas pessoas têm ataques cardíacos e outras partem para ações negativas."

Maria Eismont, colunista do jornal "Vedomosti", argumentou que a guinada recente do governo para o conservadorismo religioso arcaico abriu o caminho para as ideias apocalípticas. Ela observou que, no julgamento por blasfêmia contra a banda punk Pussy Riot, no verão passado, as jovens da banda foram condenadas com base, entre outros aspectos, em pareceres de clérigos ortodoxos dos séculos 4° e 7°.

"É injusto considerar Omutninsk um local marcado pelo misticismo florescente", escreveu. "Se cossacos em trajes operísticos marcham no centro de Moscou e a Duma está cogitando seriamente impor punições pela violação dos sentimentos dos crentes, então por que as pessoas não deveriam comprar fósforos por temer labaredas cósmicas?"


Festival comemora legado da cultura maia no México

O Festival de Cultura Maia 2012 – O Tempo, com organização do governo do Estado de Yucatán, acontece de 14 de dezembro até 22 de dezembro, em Mérida, no México. A programação conta com conferências, mesas redondas, simpósios, apresentações de livros, programas de leitura, narração de história para crianças, cinema, shows, exposições. As atividades ficarão a cargo de representantes da ciência, astronomia, astrologia e gastronomia.

O evento tem como objetivo o reconhecimento do papel e da importância dos maias para formação da identidade cultural e histórica de Yucatán.

Toda a programação do festival está no site www.festivalculturamaya.com


Rave do Fim do Mundo

O Synthesis Festival começou ontem em Chichén Itzá no México, o festival vem sendo chamado de "rave do fim do mundo". Ele celebra e brinca com a profecia imaginária que "diz" que o mundo vai acabar.

A cidade de Chicén Itzá fica a cerca de duas horas e meia de Cancun, e abriu espaço para abrigar até um camping com capacidade para estimadas 2.000 barracas. Haverá shows, palestras, brincadeiras, dança e muita música antiga e moderna, com ênfase nos artistas "eletrônicos".

O festival promete acordar até os feiticeiros maias mortos e enterrados na região. O governo mexicano colabora com um imenso aparato de segurança, que protegerá não só o festival, mas já atua em todas as principais praias mexicanas.

Militares das três forças exibem um soberbo aparelhamento, inclusive armas de uso apenas em grandes conflitos. A ideia é que tal exibição iniba qualquer ideia de gangues de traficantes de criar alguma má surpresa no país, que, devido ao frenesi do "fim do mundo", atraiu quase 70 milhões de turistas nos últimos 18 meses --apenas nas cidades que abrigaram os maias.

O povo maia viveu no que é chamada hoje de Península do Yucatán e chegou até a Guatemala. Seu declínio dramático acelerou cerca de 300 anos antes da chegada dos conquistadores espanhóis, mas já haviam sido dominados, séculos antes, por outros povos pré-colombianos, como os toltecas.


quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Arqueólogos acham corpos deformados no México

Corpos lembram criatura da franquia cinematográfica 'Alien'

O Instituto Nacional de Antropologia e História do México (Inah) divulgou imagens de um cemitério de 1 mil anos da cultura pima encontrado em um povoado no norte do país. Em um vídeo, os especialistas afirmam que é um dos cemitérios mais antigos de Sonora e tem características não vistas antes nesse Estado - a deformação cranial e a mutilação dental.

Foram encontrados 25 indivíduos, sendo 13 com deformação craniana. Alguns tinha objetos ornamentados. O estudo do cemitério, afirma o instituto, vai ampliar o conhecimento sobre a influência das culturas mesoamericanas no norte do México.

Segundo o instituto, a modificação do crânio era feita para diferenciar um grupo social de outro ou com fins ritualísticos - como um rito de passagem para a vida adulta, por exemplo. A grande quantidade de crianças - 17 corpos seriam de jovens entre 5 meses e 16 anos - pode ser resultado da prática da deformação cranial.

Fonte: Terra

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Deuses Maias



As civilizações maias estão presentes onde é hoje o México, Guatemala, Honduras, El Salvador e Belize.

Os rituais religiosos eram de suma importância para os maias. Sem essas manifestações, os deuses e o universo poderiam vir a desaparecer. Além de preservar a existência do mundo espiritual, os rituais também deveriam apaziguar as divindades com o oferecimento de flores e alimentos. Outro importante aspecto dos rituais religiosos dos maias envolvia o oferecimento de sacrifício humano e animal. A principal importância do sacrifício era a oferenda do sangue, que saciaria a fome dos deuses.

Em geral, um escravo, um inimigo de guerra ou uma virgem eram utilizados durante os sacrifícios humanos. Os sacrificados poderiam ter seu coração extraído, ser executado à flechadas ou afogado em um rio. Durante alguns rituais, a cabeça de um sacrificado era utilizada para a prática de um jogo que representava o movimento e a importância dos astros na manutenção do equilíbrio universal.

Nas cidades maias eram erguidos templos de adoração. Neles ocorriam grandes celebrações públicas que marcavam diferentes épocas do calendário maia. O ano novo, por exemplo, era celebrado por uma diversidade de ritos que faziam referência ao nascimento e à fertilidade.
A visão maia do universo foi dividido em vários níveis abaixo e acima da terra. Após a morte acredita-se que a alma dos mortos vagava pelo submundo e encontrava-se com os deuses. Os rituais funerários, indicavam a crença maia na vida após a morte, os mortos eram preparados para uma espécie de viagem para uma outra existência. Nas sepulturas eram colocados alimentos e utensílios pessoais que, segundo a religião maia, poderiam ser utilizados pelo morto durante a sua viagem. Em alguns casos, escravos e mulheres eram juntamente sacrificados para acompanhar o morto durante sua jornada. Os deuses maias dizem respeito à história do Popol Vuh, os extraterrestres deuses que vieram à terra para criar os homens à sua imagem e semelhança. 

Sacrifícios humanos representados em uma pintura maia.

Os deuses combinavam formas humanas, animais, vegetais e astrais. O Deus Jaguar era o senhor da noite estrelada, reinando sobre o céu, a terra e as trevas do Submundo.

As representações de Chac, o deus da chuva, o raio, o trovão e o vento, uniam a representação destes fenômenos com os pontos cardeais. Acompanhados de rãs que a anunciavam, Chac era uma divindade muito importante para os camponeses, e costumava se multiplicar esvaziando abóboras para produzir a chuva, enquanto atirava machados de pedra.

Ah Mun era o deus do milho, na batalha permanente com Ah Puch, o deus da morte. Também se relacionava com o Submundo o Ek Chuah, um deus da guerra que aparece vestido de negro, divindade dos comerciantes e do cacau.

O panteão maia era bastante numeroso, com divindades altamente especializadas: Ixtab, deusa dos suicídios que era representada com uma corda no pescoço; IxChel, deusa do arco-íris, medicina, adivinhação e maternidade; Ah Chicum Ek, o deus benevolente da estrela polar; e Buluc Chabtan, deus guerreiro dos sacrifícios humanos.

Representação gráfica do Deus Jaguar


Confira alguns deuses maias:

Quetzalcoatl
A Serpente Emplumada, como o nome asteca. Este deus aparece nas grandes civilizações do México e América Central. O deus Quetzalcoatl foi muito importante na arte e na religião, na maioria da Mesoamérica por quase 2.000 anos.

Gukumatz
O deus dos quatro elementos, água, ar, fogo e terra. Cada elemento é associado com um animal ou divina planta.
Água - Pesca
Air abutre-
Terra - milho
Fogo lagarto
O Gukamatz deus era um herói em uma cultura tolteca e depois para o Maya. Segundo a lenda maia Gukumatz retornar à terra no fim dos tempos. Gukamatz representado as forças do bem e do mal.

Chac
Chac é o deus do trovão, chuva, agricultura e da fertilidade. O deus é por vezes representado como um e outro como quatro deuses separados para os pontos cardeais.

Kinich Ahau
O deus-sol era o deus principal da Itzamal cidade. Segundo a crença Maia visitou a cidade todos os dias ao meio-dia. Desceu e consumiu as ofertas que fizeram pronto, ele poderia assumir a forma de um jaguar. Também está associada com música e poesia.

Yumil Kaxob

O deus do milho, a base da agricultura Maya. Em algumas áreas da América Central e no Yucatan o deus do milho também foi combinado com o deus das flores, Yomil Kaxob.

Yum Cimil
O deus da morte, Ah Puch também chamado de deus do submundo. Ele é representado com um corpo esquelético com ornamentos feitos de ossos, crânios sem olhos.

Ixtab
A deusa do suicídio, é representado com uma corda no pescoço. Os maias acreditavam que o suicídio era um caminho para o céu, os suicídios eram comuns quando a pessoa está se sentindo triste, decepcionado com as circunstâncias de sua vida.

Ix Chel
A deusa da lua e da terra. Patrono das mulheres grávidas e tecelões.

Ekahau
O deus dos viajantes e comerciantes.

Nacon
O deus da guerra.

Representação gráfica do Deus da Guerra: Nacon



terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Olhos de máscara do Deus Sol se acendem em templo maia




Membros da comunidade indígena de Kanki, no sudeste do México, cultuam uma máscara de pedra maia de pedra cujos olhos são iluminados pelo sol no começo de maio.

Segundo investigações arqueológicas e astrológicas, o fenômeno do sol iluminando os olhos da máscara foi calculado pelos maias para marcar o que eles consideravam ser o início do ciclo agrícola do ano.

A figura representa o Deus do Sol na cultura maia e o culto pede para que as colheitas sejam fartas.

Todo ano, nos primeiros dias de maio, os olhos ficam iluminados logo após as seis da manhã por cerca de 15 minutos.

A máscara foi descoberta pelo arqueólogo mexicano Florentino Garcia em 1985. Mas foi apenas no ano 2000 que ele percebeu o efeito do sol.




Fonte: BBC/Brasil

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Gangnam Style levará humanidade ao fim do mundo?


O que teria a ver a música Gangnam Style com Nostradamus? Aparentemente nada, mas vejam a matéria a seguir.

Neste mês de dezembro, o mundo se divide em duas classes de pessoas: as que acreditam no fim do mundo "supostamente previsto” pelo calendário maia e, é claro, aquelas que duvidam da possibilidade de o mundo acabar ou passar por uma transformação brusca. Mas agora a "coisa" ficou séria: uma das profecias de Nostradamus liga a famosa canção Gangnam Style, do rapper sul-coreano Psy, com a suposta catástrofe do dia 21 de dezembro...


Ainda duvida? Pois, então, preste atenção no que diz Nostradamus:


"From the calm morning, the end will come


When of the dancing horse


the number of circles will be 9"


Em português, o texto poderia ser traduzido livremente como:


“Da calma manhã, o fim virá


Quando o número de círculos


do cavalo dançante chegar a 9”


Explicação da profecia:


Segundo membros do fórum The Project Avalon, essa poderia ser uma clara referência ao sucesso de Psy. “Cavalo dançante” diz respeito ao trecho mais famoso da coreografia oficial da música, enquanto que os nove círculos seriam a marca de 1 bilhão de visualizações do vídeo no YouTube, número que contém nove zeros ("círculos"). Além disso, há outra grande coincidência: o nome do país do cantor, a Coreia do Sul, significa “terra da calma manhã”, expressão que pode ser vinculada ao primeiro verso da profecia. Assustador, não?


Atualmente, o vídeo de “Gangnam Style” possui 941.245.413 visualizações. Agora, resta saber se a bilionésima visualização do vídeo acontecerá no dia 21 de dezembro de 2012. Se for dessa forma, talvez seja bom corrermos de vez para as colinas.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

A Mansão do Terror


Achamos esse interessante infográfico em uma edição antiga da revista Superinteressante que analisa a evolução dos filmes de terror ao longo dos anos. Vale a pena dar uma conferida:

Para ver melhor clique na imagem e com o botão direito do mouse selecione a opção "abrir em uma nova guia" e depois clique na imagem para ampliar.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Creepy- Contos Clássicos de Terror



Sinopse:

Pegue suas estacas de madeira, suas machadinhas ensanguentadas e todos os esqueletos das profundezas mais sombrias dos seus armários, e prepare-se para embarcar numa aventura sinistra pelos recantos mais arrepiantes da história dos quadrinhos! A revista Creepy do publisher Jim Warren virou o mundo da narrativa gráfica de cabeça para baixo no começo dos anos 1960, quando artistas fenomenais como Joe Orlando, Alex Toth, Wallace Wood, Gray Morrow, Al Williamson, Frank Frazetta e muitos outros atingiram novos patamares artísticos com suas explorações fascinantes de histórias de horror modernas e clássicas. Nos vinte anos que se seguiram, nenhuma publicação se empenhou tanto em trazer histórias de horror de qualidade aos quadrinhos como a Creepy, e esta antologia histórica da Dark Horse/Devir está ressuscitando toda a fase original dessas edições raríssimas de se encontrar hoje em dia.
Este luxuoso volume com 256 páginas desenterra todas as histórias da macabra série original dos números um ao cinco da revista Creepy e apresenta uma assombrosa introdução do pesquisador de quadrinhos e especialista em revistas da Warren, Jon B. Cooke. Um outro “charme” desta edição são as páginas que reproduzem anúncios de produtos relacionados a terror e que eram vendidos na época! Muitos dos arrepiantes contos deste volume foram publicados no Brasil pela saudosa revista Kripta, no final dos anos 1970, pela RGE, e voltam agora para assombrar e conquistar toda uma legião de novos fãs!

Clique para ampliar

Carta do Tio Creepy:

Bem-vindo, fã do horror, à clássica compilação de quadrinhos que você estava morrendo de vontade de segurar com essas suas mãozinhas encardidas: a antologia histórica produzida pela Dark Horse/Devir da mítica revista Creepy! Eu andei escarafunchando meu calabouço bolorento para encontrar cada pérfida edição da série original, e agora meu árduo trabalho rendeu belos frutos. Este tomo horripilante desenterra todas as histórias da Creepy dos números um ao cinco, e as reimprime com requinte para que você não perca nenhum detalhe diabólico de qualquer um dos seus contos favoritos de terror. Pode crer, meu amigo! Eu disse todas as histórias! Isso significa que este volume reúne alguns dos quadrinhos de terror mais idolatrados de todos os tempos. Você se lembra do “Lobisomem”, de Frank Frazetta? Pois ele está à sua espera aqui dentro! Você já deu uma espiada no “Guarda-Roupa de Monstros”? Bem, eis aqui a sua chance de experimentar algo do seu tamanho! E que tal um pouco de “Vodu” para animar as coisas? É claro que EU também trouxe isso comigo.

Agora, não se esqueça de trancar todas as portas e janelas na hora de ler este livro, seja você humano ou alguma alma penada... Nunca se sabe quem pode aparecer rastejando no meio de uma leitura da Creepy!

— Titio Creepy


Detalhes do Produto:

Coleção: Creepy
Título: Contos Clássicos de Terror (Vol. 1)
Autor: Al Williamson, Alex Toth, Frank Frazetta, Joe Orlando
Editora: Devir
Ano: 2012
Idioma: Português
Especificações: Brochura | 256 páginas
Classificação Indicativa: A Partir de 18 anos




Uma ótima pedida para o Amigo Oculto de fim de ano!

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

The Walking Dead é eleito o jogo do ano



The Walking Dead: The Game e o estúdio responsável, Telltale Games, foram os grandes vencedores do Vídeo Game Awards de 2012. O jogo venceu títulos como Dishnonored, Assassin´s Creed III, Journey e Mass Effect 3. O jogo carimba uma tendência cada vez mais presente nos consoles da nova geração, o download. Sem uma mídia física o jogo segue o estilo mira e clica. E está disponível para Mac, Windows, PlayStation 3 e Xbox 360. O jogo é dividido em cinco capítulos mas não segue a mesma história da famosa homônima graphic novel. Um dos diferenciais do grande vencedor é a interatividade, presente quando oferece a liberdade de escolha em determinados pontos que alteram os rumos da aventura. Destaque também para GTA V que nem chegou e já ganhou prêmio como o jogo mais esperado de 2013.


Confira abaixo alguns dos games premiados:


Melhor jogo para Xbox 360
Halo 4

Melhor jogo para PlayStation 3
Journey

Melhor jogo para Wii ou Wii U
New Super Mario Bros. U

Melhor jogo para PC
Xcom: Enemy Unknown

Melhor Shooter
Borderlands 2

Melhor jogo de Ação/Aventura
Dishonored























Melhor RPG
Mass Effect 3

Melhor jogo Multi-player
Borderlands 2

Melhor jogo de esporte individual
SSX

Melhor jogo de esporte coletivo
NBA 2K13

Melhor jogo de corrida
Need for Speed Most Wanted

Melhor música em jogo
“Cities”, do cantor Beck em Sound Shapes

Melhor trilha sonora
Journey

Melhores Gráficos
Halo 4




Melhor jogo independente
Journey

Melhor jogo de luta
Persona 4 Arena

Melhor jogo para celular
Sound Shapes

Melhor performance feminina em um jogo
Melissa Hutchison como Clementine (The Walking Dead: The game)

Melhor performance masculina em um jogo
Dameon Clarke como Handsome Jack (Borderlands 2)

Melhor jogo adaptado
The Walking Dead: The Game

Melhor DLC
Dawnguard

Jogo mais esperado de 2013
Grand Theft Auto V

Melhor jogo de rede social
You Don´t know Jack

Melhor jogo para download
The Walking Dead: The Game




Confira o Trailer do game vencedor:

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Zumbis na sua cama


A designer têxtil Melissa Christie, produziu um jogo de cama com temática zumbi. O conjunto composto por lençol e um par de fronhas, possui diversas mãos zumbificadas que vão de encontro a pessoa que está deitada a cama. As manchas de sangue dão o toque final a obra. Confira:


segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Fim do mundo domina campanhas publicitárias



De acordo com as profecias maias falta menos de duas semanas para o mundo acabar e o mercado publicitário já está entrando no clima, confira algumas propagandas:


Axe:





Havan:


Brahma:


Skol:



Lojas Americanas:


Rock in Rio:


Montes Claros Shopping (decoração de Natal):



Jovem Pan:




Sorvetes Crufi:




Os ET’s vieram para Terra, já com data e hora marcada para destruir o planeta em 21 de dezembro de 2012. Porém, eles querem dar uma chance para a humanidade, e o Uruguai foi escolhido para representar o mundo.

Em uma disputa por pontos, os uruguaios terão que convencer os alienígenas a poupar a Terra.



Templo Maia feito de Chocolate:


Outra ação incrível realizada para comemorar a data foi  uma réplica de um templo maia feita de chocolate por uma empresa de doces nos EUA, confira

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Esportes X Zumbis


O canal  de esportes norueguês 'XXL' criou um divertido comercial imaginando como seria um provável apocalipse zumbi se todos praticassem esportes, confira:

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

O que o seu filme de terror preferido diz sobre você?



Filmes de terror não são apenas entretenimento inútil, eles são uma janela para os nossos mais profundos medos, ansiedades e obsessões, registros do que está escondido em nosso subconsciente esperando para assustar-nos. Você pode dizer muito sobre uma pessoa pelo seu filme de terror favorito. O site Flavorwire  criou uma divertida lista, confira:


Psicose (1960) – Problemas com a mãe.


O Mensageiro do Diabo (1955) – Problemas com o pai.


O Exorcista (1973) – Quando criança, você ficou pelo menos uma vez traumatizado ao vomitar.


Os Invasores de Corpos (1978) – Você não é, e nunca foi, um membro do Partido Comunista.


A Hora do Pesadelo (1984) – Os médicos estão tendo muita dificuldade em diagnosticar seus problemas com o sono.


Pânico (1996) – Você gosta de filmes de terror – você apenas não viu nenhum desde o colégio.


Pânico 4 (2011)
– Gosta de filmes de terror e está atualmente no colégio.


O Bebê de Rosemary (1968) – Desde a puberdade, tem um pesadelo recorrente envolvendo um teste de gravidez positivo.


The Evil Dead – A Morte do Demônio (1981) – Prefere passar férias na cidade do que no campo.


O Segredo da Cabana (2011) – Assistiu aos filmes The Evil Dead muitas vezes durante a faculdade.


Atividade Paranormal (2007) – Caça aos fantasmas sempre te decepciona, mas por algum motivo você não consegue parar de assistir.


A Bruxa de Blair (1999) – Está indignado que o seu curta de terror não foi aceito em nenhum festival.


Hellraiser (1984) Sempre foi péssimo em resolver enigmas.


Nosferatu (1922) – Romances de vampiros não te afetam em nada.



Drácula (1931) – Constantemente irrita as pessoas com um sotaque falso terrível.


Blood for Dracula (1974) – Você prefereria estar assistindo ao Joe Dallesandro em carne e osso.


Frankenstein (1931) – Enquanto outras crianças estavam brincando do lado de fora, você estava tentando descobrir como fazer combinações de química e explodir sua sala de estar.


A Noiva de Frankestein (1935) – Assim que viajar no tempo for possível, você vai visitar a Inglaterra do século 19 e fazer Mary Shelley te contar uma história.


Extermínio (2002) – Você despreza o PETA.


O Sexto Sentido (1999) – Até onde você sabe, tanto M. Night Shyamalan e Haley Joel Osment estão congelados no tempo, em 1999, e, portanto, não farão nada errado.


O Chamado (1998) – É surpreendentemente receptivo à ideia de que a TV envenena as mentes dos adolescentes.


Deixe-me Entrar (2010) – Você se recusa a assistir a filmes que não sejam americanos. Ei, se é um filme bom o suficiente, eles vão fazer uma refilmagem mesmo, né?


O Silêncio dos Inocentes (1991) – Você não gosta de psiquiatras.


Poltergeist – O Fenômeno (1982) – “Condomínios fechados são do mal, cara” 


O Massacre da Serra Elétrica (2003) – Não é como se você fosse realmente fazer móveis de ossos, mas não vá dizer que não ache a preocupação com a estética um atrativo…


Jogos Mortais (2004) – Tem alguma coisa em você que deixa as pessoas desconfortáveis.


O Albergue (2005) – Tem ciúme das crianças mimadas que têm pais que pagam para elas fazerem mochilão pela Europa.


Monstros (1932) – Vamos dizer que você não era muito popular na escola.


Canibal Holocausto (1980) – Você é menos popular agora, para dizer o mínimo


Carrie, a Estranha (1976) – A noite da formatura não foi muito boa para você.


Os Pássaros (1963) – Em algum momento da sua vida, um pássaro cagou na sua cabeça e você simplesmente não conseguiu esquecer.


A Noite dos Mortos-Vivos (1968) – A temporada de gripes e resfriados te aterroriza.


Madrugada dos Mortos (2004) – “O consumismo é do mal, cara”.


O Iluminado (1980) – Você tem pelo menos uma máquina de escrever na sua casa.


Halloween – A Noite do Terror (1978) – O Halloween é seu dia preferido. Na verdade, é o único que você gosta.



Veja a lista completa em Flavorwire

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012